TEMAS - REAL PORTUGUÊS

GANHO EM

Real Português

Na Europa feudal havia pouca utilização para o dinheiro, pois a maioria das trocas locais era efectuada por escambo directo. Portugal mantivera contudo o sitema de dinheiro romano para classificar a diversidade muito grande de moedas que circulavam, mas este era periférico. A primeira moeda de porte a ser cunhada em Portudal será o Morabitino de ouro o que demonstra a crescente importancia do comércio com os árabes. O aparecimento das feiras, o crescimento da sua importância e o renascimento das nevegações entre o mediterâneo e o mar do norte darão ao dinheiro uma presença cada vez maior na vida cootidiana. A emissão de moeda era vista como um elemento de prestígio para casas reais ou nações como a nossa que procuravam afirmar-se. Dom Fernando inaugura as moedas de prestígio onde se explora o valor simbólico dos motivos cunhados para honorificar certas classes. Dom Fernando cunhará o primeiro real (chamado de real branco por ser de prata), a moeda que valoriza o rei. D. João I incutido de um espirito modernizador e de corte com o passado, perante o caos monetário, reorganiza o sistema monetário português tornando o real como padrão. O real ou reis no plural tornar-se-á no padrão moetário até ao fim do escudo em 2001.

Com D. Maria II o Real reajustado a um sistema decimal métrico e com D. Luiz face à banca-rota que se advinhada cria-se o papel-moeda com converção em em ouro, sendo um dos primeiros paises e um dos últimos a abandonar em 1976 o padrão-ouro. Apartir dessa data a maioria das economias mundiais aderem à teoria de Keynes de Monetarização da economia, passa a ser emitida moeda em função do cescimento económico, com a intenção desta maneira utilizar a moeda como instrumento para a minorar as crises ciclicas de superprodução que o liberalismo económico provocava. O euro não será criado como moeda convencional. Fora introduzido inicialmente nos mercados financeiros e mesmo antes de ter sido moeda de circulação já se tinha estruturado como monetarizado não na economia real mas como instrumento financeiro. Por outro lado o Euro é a única moeda fiduciária, fracionária e monetarista cujo banco central não intruduz moeda no mercado financiando os estados mas a banca privada.

 

O Valor inscrito nas nossas Mealhas:

Apelando à tradição definimos o valor aproximado que o padrão-prata teria hoje em dia: 1 Real = 0,02€  ou 1 € = 50 Réis.

Há 40 anos com Garantia de Qualidade

Textfeld: Quinta do Soque
DOC Douro, tto 2008

Aroma frutado, taninos robustos mas redondos e em boca encorpado.

Receba 0$050 por garrafa ou compre com 0$400 réis
9,95 €
Textfeld: Casa da Senra
Vinho Verde 2010

Aroma fresco que lembra limões maduros e leveza macia em boca completada por um final frutado, mineral

Receba 0$023 por garrafa ou compre com 0$300 réis
6,99 €